EM CARNE VIVA

Janeiro 27, 2007

1098087040_gal_zach_anno__1_copy_na_oph.jpg

Percorro o teu corpo

Onde me delicio,

E repouso

Teus seios,

Tuas coxas,

Teus lábios…

Vulcão incandescente,

Em carne viva

Incendeia-me,

Derrete-me…

Devora a minha gula

Sacia a minha sede

Mata-me de prazer

Enche-me de beijos,

De carícias,

De amor…

Mata a minha sede,

De ti…

Anúncios

4 Responses to “EM CARNE VIVA”

  1. Papagueno Says:

    Olá meu caro amigo, tem aqui um excelente espaço, com belas imagens, grandes poemas e alguma sensualidade. um abraço.

  2. papagaio Says:

    Olá amigo papagueno, vamos alimentando não só o espírito, mas também o corpo…

    Abraço

    Bom Domingo

  3. helena Says:

    Muito lindo Mario !
    que de erotismo e sensualidade …
    adorei

    um beijo

  4. papagaio Says:

    Eu sabia que ias gostar Helena!

    Beijinhos minha amiga

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s