MALDITO AMOR!

Março 6, 2007

 pordosol.jpg

Rasgo as entranhas que fedem

Não me perco em lamentos e prantos

Não me Isolo

Não me refugio

Não me condeno

Não me entrego

Não desisto

Sofro em silêncio…

Esta sepulcral dor

Este vazio

Maldito amor que me corrói

É dor bendita, mas que dói

Que me atormenta

Que me rebenta!

Que me sustenta…

Maldito amor!

Que me persegues

Que me inquietas

Que me fazes viver…

Maldito amor!

Porque é que existes?

Porque não morres de vez!

Anúncios

2 Responses to “MALDITO AMOR!”

  1. G Says:

    Sem duvida, o mais poderoso dos sentimentos…
    Abraço!

  2. papagaio Says:

    Sem dúvida Gu…

    Abraço!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s