O MUNDO NAS VOSSAS MÃOS

Março 15, 2007

 criancas1.jpg

O Sol que com vergonha

Se esconde atrás da Lua

Quanta fome não se esconde

Não querendo sair á rua

 

A dor que nos atormenta

Por mais que possa doer

Não dói mais que a injustiça

Que os olhos não querem ver

 

O sorriso das crianças

Com seu doce e terno olhar

São a luz que nos conduz

Pra’ na escuridão caminhar

 

Com essa luz pela frente

E com a força da razão

O Mundo tem que avançar

E sair da escuridão

 

Crianças do mundo inteiro

Em vós está a salvação

Sois a esperança do futuro

Neste Mundo em destruição

Anúncios

6 Responses to “O MUNDO NAS VOSSAS MÃOS”

  1. Caminheira Says:

    No Alentejo o ditado diz:

    Criança de hoje Homem serás como fizeres assim encontrarás… Bem haja pela Sua poesia
    C.

  2. Fontez Says:

    sim ta nas nossas mãos…!
    sejamos práticos e espalhemos a bondade…!

  3. Poeta Matemático Says:

    É sempre assim, uma esperanca que se renova…

    E aqui eu sempre me surpreendo, mesmo sem comentar qse sempre…

    Beijos

  4. papagaio Says:

    Olá caminheira,
    Obrigada pela tua visita, e pelas palavras

    Sê bemvinda

    Beijinho

  5. papagaio Says:

    É isso Fontez. Está nas mãos, criarmos as nossas crianças com todo carinho e amor.
    Para que cresçam, e sejam amanhã, adultos mais justos e fraternos, do que aquilo que somos hoje.

    É essa a tarefa, que temos pela frente.

    Abraço

  6. papagaio Says:

    Olá poeta matemático

    Aqui, como dizes, sou cheio de surpresas.

    Volta sempre, serás sempre bemvinda.

    Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s