RENASÇO

Março 16, 2007

 

 renascer.jpg

Ouço o silêncio que fala…

Envolto na penumbra das palavras

Acordo o som que me atormenta

E me castra os sentidos

Vejo nascer o Sol, por entre a bruma

Rasgo horizontes ofuscados

Pelo tédio e melancolia

Liberto-me da lama

E das areias movediças

Grito no deserto da multidão

Que me envolve, e me asfixia

Renasço do silêncio

Do barulho do nada

Que se imobiliza

Que não se vê, que não se ouve

Que não sente…

Desnudo-me

Do marasmo em que existo

Renasço das cinzas…da minha morte.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s